13/10/2021

Defensivos agrícolas: pulverizador é uma das principais ferramentas do trabalho no campo

Tendências
Compartilhar:

Quem trabalha no campo sabe dos enormes desafios que ameaçam a produtividade da lavoura todos os dias. Doenças, pragas, insetos, plantas invasoras e baixa fertilidade estão entre os principais motivos que fazem com que a maior parte dos agricultores do mundo precise fazer uso de defensivos agrícolas para proteger e viabilizar as suas culturas.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (
FAO), até 40% da produção agrícola é perdida no mundo devido ao ataque de pragas. E as ameaças não param quando as culturas deixam os campos. Insetos, mofo e roedores podem causar danos também no armazenamento. Além de permitir que o ciclo das culturas se desenvolva, os defensivos podem prolongar a vida das culturas e evitar perdas pós-colheita.




Até 40%
da produção agrícola do mundo é perdida devido ao ataque de pragas.

*de acordo com Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO)

O que são defensivos agrícolas?
Defensivos agrícolas são produtos químicos, físicos ou biológicos usados no controle de seres vivos considerados nocivos ao homem, sua criação e suas plantações. São também conhecidos por agrotóxicos, pesticidas, praguicidas ou produtos fitossanitários. Dentre estes termos, o termo agrotóxico é o termo utilizado pela legislação brasileira. Entre os defensivos agrícolas, são encontrados produtos que controlam plantas invasoras (herbicidas), insetos (inseticidas), fungos (fungicidas), bactérias (bactericidas), ácaros (acaricidas) e ratos (rodenticidas). Também são considerados defensivos agrícolas os reguladores de crescimento, que aceleram o amadurecimento e floração de plantas, por exemplo.

A importância do pulverizador agrícola
É por tudo isso que o pulverizador agrícola se tornou uma das principais ferramentas do trabalho no campo. Isso porque os defensivos são comprados concentrados e precisam ser diluídos em água antes de ser aplicados nos locais-alvo. Essa mistura que se obtém da diluição, chamada de calda, é distribuída sobre a lavoura com o auxílio justamente do pulverizador.

Independente do tipo da substância, o pulverizador permite aumentar a eficiência da lavoura e garante que o produto seja distribuído em quantidade correta e nos locais desejados. Nas propriedades de médio e grande porte, este trabalho é facilitado por pulverizadores de diferentes tipos e capacidades, que são:

Para pulverizadores mais potentes, pneus com desempenho sem igual

Proporcional a sua importância para a agricultura mundial, os pulverizadores estão evoluindo a um ritmo acelerado. E, à medida que se tornam maiores, mais pesados, mais potentes e mais versáteis, há exigências de pneus com maior capacidade de carga e velocidade, a fim de proporcionar melhor distribuição de carga e aumento da velocidade do equipamento, para, assim, reduzir o o tempo de janela de pulverização.

Pensando nesta necessidade, a Titan Pneus desenvolve pneus de alta tecnologia e tem orgulho de fabricar as maiores linhas de pneus com desenho exclusivo para pulverizadores: a Master Sprayer, da marca Titan, e a Ultrasprayer, da marca Goodyear.

Juntas, as duas linhas oferecem o maior portfólio de medidas para equipar os pulverizadores do mercado e se diferenciam por serem dotadas das últimas inovações em  tecnologias, que são os pneus IF (Increased Flexion), que oferecem bônus de 20% a mais de carga, sob a mesma pressão interna, ou a mesma carga com até 20% a menos de pressão; e os pneus VF (Very High Flexion), que oferecem bônus de 40% a mais de carga, sob a mesma pressão interna, ou permitem levar a mesma carga com até 40% a menos de pressão. Isso resulta em perfeita distribuição da carga nas barras mais largas, proporcionando uma menor flutuação e redução da compactação do solo.

É alta tecnologia ajudando o Brasil a continuar crescendo no agronegócio. Gostou? Então, compartilha com quem também vai gostar desse conteúdo!

Sem Comentários

Deixe uma resposta